Pesos e medidas da Procuradoria-geral

Por Frederico Vasconcelos

De Ana Lúcia Amaral, procuradora regional da República aposentada, sobre a ação em que a procuradoria-geral da República questiona, no Supremo Tribunal Federal, o pagamento de auxílio ao aperfeiçoamento profissional e de auxílio-saúde a membros do Ministério Público de Minas Gerais:

Dois pesos e duas medidas diferentes… A PGR perdeu a noção de direito e isonomia, para dizer o mínimo.

Por que a interpretação do auxilio-moradia deles é divergente?