Juiz retrata cotidiano das audiências e barbárie do cárcere

Por Frederico Vasconcelos

Será lançado, no próximo dia 22 , “Entre Salas e Celas – Dor e esperança nas crônicas de um juiz criminal“, novo livro de Marcelo Semer, juiz do Tribunal de Justiça de São Paulo.

O lançamento da editora “Autonomia Literária” é um retrato do cotidiano de audiências criminais sob a visão de um juiz que trabalhou mais de 20 anos nessa área.

“A simbologia presente no título deste livro não é apenas uma conveniente aliteração, mas a melhor tradução da naturalidade com que o autor passeia pelas salas do mundo civilizado e celas da barbárie carcerária”, afirma no prefácio Roger Franchini, advogado, ex-policial e escritor com várias obras da literatura policial.

Segundo os organizadores, o livro retrata o drama da decisão, a prisão injusta que se revela no meio do processo, a violência, o medo e a desesperança dos que frequentam esse ambiente.

‘É uma coletânea de personagens que a própria ficção não seria capaz de reunir: o bilheteiro fanho do cine pornô que é testemunha chave de um crime, a vítima que sobrevive com uma faca cravada na garganta, o bom ladrão que alerta a polícia sobre a fuga do preso que assiste do banco dos réus. Mulheres estraçalhadas pelas violências da vida e da lei.”

Marcelo Semer é membro e ex-presidente da Associação Juízes para a Democracia. Foi advogado, professor universitário e jornalista. É colunista do site “Justificando” e responsável pelo blog “Sem Juízo“.

É autor do romance “Certas Canções” (7 Letras) e co-autor de “Brasil em Fúria: Democracia, Política e Direito” (Letramento) e das obras jurídicas “Crime Impossível e a Proteção aos Bens Jurídicos” (Malheiros) e “Direitos Humanos: Essência do Direito do Trabalho” (LTr, co-organizador).

——————————–
Serviço
Lançamento: “Entre Salas e Celas – Dor e esperança nas crônicas de um juiz criminal”
Data: Dia 22 de novembro, às 18h30
Local: rua Conselheiro Ramalho, 945, São Paulo – SP.