Em 2017, o cala a boca não morreu no CNJ

O ano de 2017 reservou momentos relevantes para o editor deste Blog.

O site completou dez anos de vida, fato que coincidiu com o convite para este jornalista proferir palestra, em Brasília, para cerca de 300 juízes, desembargadores e membros do Conselho Nacional de Justiça.

O evento aconteceu durante a reunião preparatória do “XI Encontro Nacional do Poder Judiciário”, em setembro. Gentilmente, foi dada ao repórter a liberdade de escolher o tema da palestra.

Mas o ano de 2017 reservou, igualmente, uma decepção para o editor deste Blog.

Ao reproduzir trechos daquela palestra, o site do Conselho omitiu as críticas à atual gestão do Supremo Tribunal Federal e do CNJ.

A omissão pode ser conferida comparando-se os dois links abaixo.

O Blog deseja a seus leitores muito sucesso em 2018, sem quaisquer resquícios de censura.

————————————

http://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2017/09/05/pesquisas-do-cnj-nao-medem-a-impunidade/

http://www.cnj.jus.br/noticias/cnj/85371-criticas-e-elogios-como-a-imprensa-ve-o-poder-judiciario